Bem-vindo à página ARQUIVO 2006-2016 da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Visita às salinas
Visita às salinas
Rio Maior, 3 de fevereiro de 2016 ler mais: Visita às salinas

 

Taxa de risco de pobreza após transferências sociais Clique aqui para diminuir o tamanho do texto|Clique aqui para aumentar o tamanho do texto

Taxa de risco de pobreza após transferências sociais

População com mais de 65 anos – em percentagem do total da população

Portugal é o país da União Europeia que apresenta maior desigualdade na distribuição do rendimento – a parcela auferida pela faixa dos 20 por cento da população com rendimentos mais elevados é mais de 7 vezes superior à auferida pelos 20 por cento da população com rendimentos mais baixos. A média comunitária é de 4.6; na Europa, só a Turquia apresenta um índice superior (9.9).

Portugal é também um dos países europeus que apresenta (consistentemente) taxas mais elevadas de risco de pobreza, medido através da percentagem da população com rendimentos inferiores ao limiar de 60 por cento do rendimento mediano equivalente. Essa taxa situa-se em 20 por cento (média 2003/2004), já após transferências sociais, enquanto a média comunitária (UE 25) é de 15.5 por cento.

Outros indicadores de pobreza relativa – Portugal

Taxa de risco de pobreza persistente - 15 por cento (2001, últimos dados conhecidos)

Taxa de risco de pobreza entre os idosos - 30 por cento (2001)

Taxa de risco de pobreza entre idosos isolados - 46 por cento (2001)

A generalidade dos estudos aponta para taxas de risco de pobreza particularmente elevadas nos seguintes grupos:

  • Idosos;
  • Famílias monoparentais;
  • Profissões pouco qualificadas, maioritariamente no sector agrícola;
  • Deficientes e idosos portadores de doenças crónicas.

 

<- Anterior | Seguinte ->

 

© Presidência da República Portuguesa - ARQUIVO - Aníbal Cavaco Silva - 2006-2016

Acedeu ao arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.