Bem-vindo à página ARQUIVO 2006-2016 da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Visita ao Centro de Formação  Profissional de Setúbal,  no âmbito da 6ª jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica dedicada à Educação e Formação Profissional
Visita ao Centro de Formação Profissional de Setúbal, no âmbito da 6ª jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica dedicada à Educação e Formação Profissional
Setúbal, 11 de setembro de 2015 ler mais: Visita ao Centro de Formação  Profissional de Setúbal,  no âmbito da 6ª jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica dedicada à Educação e Formação Profissional

 

Documento de Enquadramento
- Bons Exemplos a Visitar Clique aqui para diminuir o tamanho do texto|Clique aqui para aumentar o tamanho do texto

Empresa Hozar

A Hozar, SGPS, S.A. é uma holding que tem participações e controla a gestão de duas marcas nacionais de moda: a Throttleman e a Red Oak. A Empresa foi criada e é actualmente gerida por 3 sócios, Pedro Pinheiro, Eduardo Barros e Nuno Gonçalves.

A Throttleman, marca nacional criada em 1991, é o projecto mais antigo do Grupo e conta actualmente com 60 pontos de venda em Portugal. Desde que a Hozar assumiu a sua gestão em 2001 o crescimento anual da facturação tem sido superior a 25% ao ano, tendo-se tornado numa das referências do sector em Portugal.

A Red Oak, marca nacional criada em 2008, é o projecto mais recente do Grupo e conta já com 16 pontos de venda em Portugal.

O Grupo empregava, a 31.12.2008, um total de 742 pessoas, com uma média de idades inferior a 30 anos.

A Hozar tem como lema e missão: “Proporcionar aos nossos Clientes uma experiência de Retalho de Moda única, contribuindo para que eles se expressem através das nossas Marcas”.

Os Valores professados pelo Grupo são: Ambição, Franqueza, Mentalidade Global e Responsabilidade Cívica.

As últimas acções de responsabilidade social que a Throttleman levou a cabo (sensivelmente uma por ano) são as seguintes:

  • Penguin Baby – Ajuda de Berço
  • Mil Sorrisos – Unicef
  • Missão Azul – Fundação do Gil

A Hozar definiu os seguintes vectores de desenvolvimento para o Grupo:

  • inovação
  • internacionalização
  • consolidação

A Throttleman, sendo a marca com mais massa crítica do portefólio, tem servido de “ponta de lança” para a implementação destes vectores estratégicos.

No vector inovação, a aposta tem sido a optimização de toda a cadeia logística e a melhoria dos processos de relacionamento com os clientes. Com efeito, a Throttleman foi pioneira, ao nível das PMEs, na implementação de tecnologia de RFID para gestão da sua cadeia logística, tendo sido galardoada com o prémio “Best Enterprise Solutions” nos “Retail Technology Europe Awards”, em Dusseldorf, Alemanha. Esta tecnologia permitiu, também, inovar ao nível da experiência de compra dos seus clientes no ponto de venda, através da instalação do “Magic Mirror”, que ajuda os clientes no processo de compra da sua roupa.

O vector internacionalização tem constituído a aposta do Grupo para conseguir manter o crescimento que vem registando historicamente, na medida em que o mercado local é demasiado exíguo para assegurar taxas de crescimento das actividades interessantes. Neste enquadramento, a Throttleman e a Red Oak têm tido presenças assíduas na maior feira europeia do sector, a Bread & Butter (que actualmente se realiza em Berlim). A Throttleman está já a vender os seus produtos através de uma cadeia de “Department Stores” na Polónia, vai começar em Janeiro a distribuir os seus produtos no Canadá, Holanda e Chipre, e abrirá, com um parceiro local, o seu primeiro ponto de venda internacional no Dubai, ainda em Dezembro. A Red Oak está já a distribuir os seus produtos em Espanha e vai começar, em Janeiro, a distribuir os seus produtos no Canadá, Itália e Chipre.

O vector de consolidação tem vindo a ser estudado com algumas outras empresas do sector, tendo em conta o elevado grau de atomização que este apresenta (os 10 principais operadores têm uma quota de mercado de 33%) e o sucesso evidenciado por grupos com múltiplas marcas, que preenchem diferentes nichos do mercado, como p. ex. Inditex (Espanha), VF Corporation e Abercrombie & Fitch (EUA), Fast Retailing (Japão), Pacific Brands (Austrália) e Baugur (Islândia).

 

<- Anterior | Seguinte ->

 

© Presidência da República Portuguesa - ARQUIVO - Aníbal Cavaco Silva - 2006-2016

Acedeu ao arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.