Bem-vindo à página ARQUIVO 2006-2016 da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Cerimónia de agraciamento do Eng. António Guterres
Cerimónia de agraciamento do Eng. António Guterres
Palácio de Belém, 2 de fevereiro de 2016 ler mais: Cerimónia de agraciamento do Eng. António Guterres

MENSAGENS

Clique aqui para diminuir o tamanho do texto| Clique aqui para aumentar o tamanho do texto
Presidente enviou condolências a homólogo moçambicano pelas vítimas de intoxicação em Tete

O Presidente da República enviou uma mensagem de condolências ao Presidente da República de Moçambique, Armando Guebuza, pelas dezenas de vítimas de uma intoxicação registada na província de Tete e que levou o Governo moçambicano a decretar três dias de luto nacional.

É o seguinte o teor da mensagem de condolências do Presidente Aníbal Cavaco Silva:

“Senhor Presidente,

Na véspera da minha partida para Maputo e ao tomar conhecimento do trágico acontecimento que provocou elevado número de vítimas mortais no distrito de Chitima, na província de Tete, e associando-me ao luto nacional decretado pelo Governo, quero transmitir a Vossa Excelência e ao Povo moçambicano, em nome do Povo Português e no meu próprio, os sentimentos do nosso profundo pesar e a expressão da nossa muito sentida solidariedade.

Nestes momentos difíceis, o nosso pensamento está com o Povo moçambicano, em particular, com as famílias das vítimas, a quem pedimos que Vossa Excelência se digne transmitir as nossas mais sinceras condolências.

Aníbal Cavaco Silva”

12.01.2015

© Presidência da República Portuguesa - ARQUIVO - Aníbal Cavaco Silva - 2006-2016

Acedeu ao arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.