Bem-vindo à página oficial da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Treino de Busca e Salvamento, conduzido em conjunto pela Marinha e pela Força Aérea
Treino de Busca e Salvamento, conduzido em conjunto pela Marinha e pela Força Aérea
Oeiras, 27 de julho de 2011 ler mais: Treino de Busca e Salvamento, conduzido em conjunto pela Marinha e pela Força Aérea

ÚLTIMAS VISITAS

Todas as visitas

Armas e Divisa da Escola de Sargentos do Exército

Clique aqui para diminuir o tamanho do texto| Clique aqui para aumentar o tamanho do texto

Armas da Escola de Sargentos do ExércitoDescrição

  • Escudo chevronado de nove peças de verde e de oiro;
  • Elmo militar, de prata, forrado de vermelho, a três quartos para a dextra;Correia de vermelho perfilada a oiro;
  • Paquife e virol de verde e de oiro;
  • Timbre: Duas alabardas de oiro passadas em aspa, atadas de verde, sustentando uma lucerna com dois bicos flamejantes, do primeiro;
  • Divisa: Num listel de branco, ondulado sotoposto ao escudo, em letras de negro, maiúsculas, de estilo elzevir, “VONTADE E SABER”.


Simbologia e Alusão das Peças

  • O chevronado, evocando as insígnias do Sargento, é símbolo do aluno das Escola onde é formada esta classe, elo fundamental da estrutura do Exército.
  • Em timbre duas alabardas – “A sua arma he huma alabarda e lhe serve de insígnia” lê-se na clássica milícia popular ao referir-se ao posto de Sargento – e a lucerna bilume a invocar a dupla formação – básica e de aperfeiçoamento – que constituí a missão desta Escola.


Os Esmaltes Significam

  • OURO: a constância do esforço essencial à obtenção da sabedoria;
  • VERDE: o entusiasmo da juventude do candidato e a esperança no prosseguimento da carreira.


 

© 2007-2016 Presidência da República Portuguesa

Acedeu ao sítio de arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.