Bem-vindo à página ARQUIVO 2006-2016 da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Audiência com o Presidente Eleito Marcelo Rebelo de Sousa
Audiência com o Presidente Eleito Marcelo Rebelo de Sousa
Palácio de Belém, 28 de janeiro de 2016 ler mais: Audiência com o Presidente Eleito Marcelo Rebelo de Sousa

INTERVENÇÕES

Clique aqui para diminuir o tamanho do texto| Clique aqui para aumentar o tamanho do texto
Intervenção do Presidente da República por ocasião do Jantar oferecido em honra do Presidente da República da Indonésia
Palácio Nacional da Ajuda, 19 de setembro de 2014

É com grande alegria que acolhemos em Portugal o Presidente da República da Indonésia, a Senhora D. Ani Bambang Yudhoyono e a distinta comitiva que os acompanha nesta Visita de Estado.

Visita que, tendo lugar cinquenta e quatro anos após a visita a Lisboa do primeiro Presidente indonésio e fundador da nação indonésia, constitui um momento muito especial no reforço do relacionamento entre Portugal e a Indonésia.

Espero que esta visita de Vossa Excelência permita também, de alguma forma, retribuir a calorosa hospitalidade com que fomos recebidos em Jacarta, em 2012, naquela que, por sua vez, constituiu a primeira visita de um Chefe de Estado português ao seu país. Recordo ainda, com grande emoção, o momento particularmente simbólico do nosso primeiro encontro em Díli, também em 2012, nas cerimónias do décimo aniversário da independência de Timor-Leste e da tomada de posse do Presidente da República Democrática de Timor-Leste.

Estes momentos representam, sem dúvida, um verdadeiro virar de página nas relações entre os nossos países.

Senhor Presidente,

Fundado numa história de cinco séculos, o relacionamento entre Portugal e a Indonésia é hoje pautado por um novo dinamismo e por um empenho recíproco na construção de uma relação forte, ambiciosa e orientada para o futuro.

Os contactos políticos profícuos de que foi testemunho a visita do Senhor Ministro dos Negócios Estrangeiros da Indonésia, em Janeiro último, honram o nosso longo passado de amizade e o desejo de conhecimento mútuo entre os nossos países.

A Nação Indonésia tem feito da consolidação dos ideais democráticos, da tolerância e do pluralismo político e social o caminho que a tem levado a um desenvolvimento assinalável e a um elevado ritmo de crescimento económico. A Indonésia é hoje a décima-sexta maior economia mundial e a segunda economia com o mais rápido crescimento de entre os membros do G20.

Numa região de equilíbrios delicados, o empenho e a liderança indonésios no seio da ASEAN têm sido importantes para a edificação da estabilidade política e para o aprofundamento de um espírito de comunidade entre as nações. Apraz-me saudar Vossa Excelência pela forma como, ao longo de dez anos, soube liderar os processos internos de consolidação democrática e de progresso económico e afirmar internacionalmente o seu país.

Nesse capítulo da afirmação internacional, vemos com particular agrado a crescente aproximação da Indonésia à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Uma colaboração mais próxima entre a Indonésia e a CPLP, bem como o apoio que a Indonésia vem prestando à adesão de Timor-Leste à ASEAN, são exemplos claros dos interesses comuns que nos ligam.

Como pude constatar em 2012, Portugal e a Indonésia estão cada vez mais atentos à realidade de cada um dos países e das regiões em que se inserem. A entrada em vigor, em maio último, do Acordo de Parceria e Cooperação entre a União Europeia e a Indonésia prestará, confio, um contributo significativo nesse domínio, facilitando a identificação de oportunidades para uma cooperação mutuamente vantajosa.

Existindo ainda um amplo potencial por explorar nas nossas relações económicas, têm-se verificado sinais claros de interesse recíproco dos empresários portugueses e indonésios no desenvolvimento de parcerias e na intensificação dos fluxos de comércio e investimento.

Diversas missões comerciais portuguesas lograram aumentar a visibilidade e reforçar o perfil do nosso país na Indonésia. Esta Visita de Estado contribuirá, seguramente, para que o mesmo suceda com o perfil da Indonésia em Portugal.

Gostaria de dirigir uma palavra de boas-vindas às empresas que acompanham Vossa Excelência. Creio que os contactos que mantiveram em Portugal se revelarão proveitosos, tal como sucedeu aquando da minha deslocação a Jacarta, em 2012, com os contactos estabelecidos pela comitiva empresarial que me acompanhou. Espero que o Fórum Empresarial que hoje teve lugar tenha sido, nessa perspetiva, particularmente útil.

Senhor Presidente,

O objetivo de reforçar a nossa cooperação em todos os campos vem já conhecendo resultados promissores. Da cultura e preservação do património às parcerias entre empresas, da boa coordenação em instâncias multilaterais à cooperação na área da energia e recursos naturais, vários são os exemplos que dão expressão ao novo dinamismo do nosso relacionamento.

Os contactos entre os nossos povos são multisseculares. Sucede, porém, que apenas nos últimos anos Portugal e a Indonésia têm vindo a redescobrir-se mutuamente, dando início a uma nova fase. A Visita de Estado de Vossa Excelência, com que mais uma vez me congratulo, espelha a determinação política em reforçar os laços de amizade e cooperação que nos unem.

É neste espírito que peço que se juntem a mim num brinde à saúde e felicidade do Presidente Susilo Bambang Yudhoyono e da Senhora D. Ani Bambang Yudhoyono, à prosperidade do povo amigo da Indonésia e ao futuro das relações entre os nossos dois países.

© Presidência da República Portuguesa - ARQUIVO - Aníbal Cavaco Silva - 2006-2016

Acedeu ao arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.