Bem-vindo à página ARQUIVO 2006-2016 da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Audiência com o Presidente Eleito Marcelo Rebelo de Sousa
Audiência com o Presidente Eleito Marcelo Rebelo de Sousa
Palácio de Belém, 28 de janeiro de 2016 ler mais: Audiência com o Presidente Eleito Marcelo Rebelo de Sousa

INTERVENÇÕES

Clique aqui para diminuir o tamanho do texto| Clique aqui para aumentar o tamanho do texto
Intervenção do Presidente da República na Cerimónia que assinala o início da construção da futura Chancelaria e do Centro Cultural da Embaixada de Portugal em Díli
Díli, Timor-Leste, 21 de maio de 2012

Gostaria de começar por agradecer ao Senhor Embaixador as suas palavras.

Esta cerimónia, que marca o início da concretização de um projeto conjunto de Portugal e Timor-Leste, reveste-se de uma importância muito especial.

Há dez anos, Timor vencia a luta pela independência, afirmando-se como um país livre e soberano. Portugal celebrou então a vitória de uma causa por que também se tinha batido, numa mobilização social, política e diplomática incansável, mesmo quando o decurso do tempo parecia querer aliar-se ao esquecimento.

Foi, assim, sem surpresa, que Portugal e Timor iniciaram a sua cooperação bilateral em maio de 2002, no próprio dia da Independência, com a celebração do Acordo-Quadro de Cooperação. Foi apenas o início de um relacionamento bilateral de excelência, com base numa amizade e num entendimento profundos.

A representação diplomática portuguesa em Díli assume, por isso, um cariz muito particular. Num claro reconhecimento deste importante papel, o Governo timorense cedeu ao Estado Português o terreno em que nos encontramos para a edificação da Embaixada portuguesa em Díli.

Este ato de generosidade e reconhecimento do jovem país muito nos comoveu. É, por isso, com uma particular emoção que hoje aqui me encontro, no momento em que se lança a primeira pedra das futuras instalações da Embaixada de Portugal em Díli, com a magnífica vista para o mar que nos uniu.

Este espaço acolherá também o Centro Cultural português, num complexo que se pretende venha a constituir um novo foco cultural, moderno e atrativo, vitalizador do centro da cidade. A sua localização privilegiada na capital timorense também nos responsabiliza em termos arquitetónicos e de ordenamento do território. Daí a preocupação em contribuir, neste espaço, para a requalificação urbanística de Díli.

Este projeto, que hoje vê a sua primeira pedra ser lançada, é, atualmente, um dos mais importantes de Portugal no exterior. Num contexto de fortes constrangimentos orçamentais, dificilmente poderia ser mais revelador da forma como olhamos para Timor-Leste e para a Comunidade portuguesa que aqui também nos representa.

Muito obrigado a todos!

© Presidência da República Portuguesa - ARQUIVO - Aníbal Cavaco Silva - 2006-2016

Acedeu ao arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.