Bem-vindo à página ARQUIVO 2006-2016 da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Assembleia Geral das Nações Unidas
Assembleia Geral das Nações Unidas
Nova Iorque, EUA, 28 de setembro de 2015 ler mais: Assembleia Geral das Nações Unidas

MENSAGENS

Clique aqui para diminuir o tamanho do texto| Clique aqui para aumentar o tamanho do texto
Presidente Cavaco Silva enviou condolências à Família do Dr. António Almeida Santos

O Presidente da República enviou uma mensagem de condolências à Família do antigo Presidente da Assembleia da República Dr. António Almeida Santos.

É o seguinte o teor da mensagem do Presidente Aníbal Cavaco Silva:

“Ao tomar conhecimento do falecimento do Dr. António de Almeida Santos, apresento à Família enlutada as minhas mais sentidas condolências.

Homem de causas, causídico da liberdade, António de Almeida Santos distinguiu-se pelas suas qualidades como jurista, sendo autor de vários diplomas estruturantes do nosso regime democrático.

Manteve-se sempre fiel ao ideário e aos princípios que marcaram a sua trajetória de vida, na qual exerceu as mais altas funções do Estado, com destaque para a Presidência da Assembleia da República.

Cidadão exemplar pelo seu empenho na defesa do modelo democrático europeu, Almeida Santos deixa, em todos os que tiveram o privilégio de o conhecer, a memória afetuosa da cordialidade e da afabilidade de trato, da sua admirável cultura humanista e dos seus invulgares dotes de orador e cultor da Língua Portuguesa.

Aníbal Cavaco Silva”

19.01.2016

© Presidência da República Portuguesa - ARQUIVO - Aníbal Cavaco Silva - 2006-2016

Acedeu ao arquivo da Página Oficial da Presidência da República entre 9 de março de 2006 e 9 de março de 2016.

Os conteúdos aqui disponíveis foram colocados na página durante aquele período de 10 anos, correspondente aos dois mandatos do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.